Buscar
  • Alexandre Costa

COMITÊ INTENSIFICA CAMPANHA DE COMBATE À FOME PARA AMENIZAR A PANDEMIA E A INÉRCIA DO PODER PÚBLICO



O Comitê em Defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito entregou 60 cestas básicas para o Instituto Social e Comunitário Arraial da Glória, na tarde desta quinta-feira (23/4), em Porto Alegre. A iniciativa faz parte da campanha de combate à fome organizada pelo Comitê e que tem como objetivo reduzir o impacto causado pela pandemia do coronavírus junto à população de baixa renda. Os alimentos serão destinados a moradores em situação de vulnerabilidade social e que são atendidos pelo Instituto Arraial.



Lideranças ligadas aos movimentos sociais e representantes de entidades comunitárias vêm criticando a Prefeitura de Porto Alegre em função da precariedade das políticas públicas e da redução de ações e iniciativas na área da Assistência social. O presidente do Instituto Social e Comunitário Arraial da Glória, Renan da Silva, de 52 anos, afirma que as associações comunitárias têm assumido uma responsabilidade que deveria ser do Município. "Estamos realizando campanhas para garantir a alimentação das pessoas que têm mais dificuldade, que são geralmente mulheres com filhos e que sobrevivem fazendo faxinas. Estas pessoas estão sem renda e, neste momento, enfrentam ainda mais dificuldades", explicou o líder comunitário.


Renan conta que o Instituto Social e Comunitário Arraial da Glória foi criado em março de 2017. "Alguns integrantes participavam de um dos núcleos do Fórum Fome Zero, aqui na Glória; e de iniciativas como a criação da Cooperativa Habitacional Unidos da Glória, que reivindica a utilização de áreas desapropriadas pelo Município".



O líder comunitário fala com orgulho das ações desenvolvidas pelo Instituto Arraial, como horta comunitária, oficina de percussão, roda de capoeira, atividades do bloco de carnaval, além de projetos de geração de renda. "Recentemente, iniciamos dois projetos importantes. Um de cozinha alternativa, que possibilita às mulheres produção de salgados, doces e outros alimentos, para aumentar a renda. E o recicla comunidade, que também gera renda e tem função social e ambiental", relata Renan.



A Glória é a segunda maior entre as 17 regiões do Orçamento Participativo e a segunda com maior número de áreas de risco. "Temos muitas pessoas aqui, na nossa região, que estão precisando de apoio. Agradecemos a doação feita pelo Comitê e também a confiança que depositou no trabalho junto à comunidade", disse Renan.


AGRADECIMENTO


CAMPANHA

Desde o início da pandemia do coronavírus, o Comitê em Defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito vem organizado iniciativas para arrecadar dinheiro e comprar cestas básicas e produtos de limpeza e higienização que são destinados a comunidades de baixa renda. No final de março, o Comitê arrecadou R$ 3 mil para a campanha de combate à fome. Os recursos foram usados na compra de cestas básicas, que foram destinadas para a Associação Caminhos das Águas. A entidade, localizada na Rua Voluntários da Pátria, no centro de Porto Alegre, é formada por catadoras e catadores e desenvolve um trabalho importante para a cidade.


QUEM TEM FOME, TEM PRESSA

Os interessados em participar da campanha devem enviar mensagem por e-mail com seu telefone e o Comitê entrará em contato. O e-mail do Comitê em Defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito é: estadodemocraticodedireito2019@gmail.com


0 visualização